O todo como é, mundo

12ago10

“O mundo desaba sobre suas cabeças e vocês riem!”

O Experimentamente, como blog de reflexão, tendo como dona
minha melhor amiga, é o local mais apropriado que penso para esse
protesto, portanto, fiquei feliz em ser convidado a postar aqui.

Esse artigo será dividido em tópicos, cada um expressando uma
opinião:
1°)Pop é bom?
2°)Sedentarismo virtual.
3°)Não dá mais.

1°) Hoje em dia, para ser popular e fazer sucesso são necessárias poucas coisas: não fazer nada que lhe acrescente inteligência, consumir todo tipo de droga, possuir um mal caráter sem limites, prejudicar o máximo de pessoas que puder e se gabar disso, desperdiçar e desprezar tudo que lutaram para proporcionar a você, desrespeitar tudo e todos e não se importar com o futuro. Em resumo, tudo o que a nova geração tola e leviana definiria como viver “intensamente”.
Simples, não?

Acho incrível que existam pessoas com intelecto tão baixo que consigam concluir que agir da maneira citada acima seja correto, até mesmo bom para si e para os outros ao seu redor, ou que proporcione alguma experiência útil.

Sabe, é “gratificante” ver como as pessoas valorizam a idiotice, é provável que logo menos criem uma indústria para esse meio, onde geraria maior lucro que qualquer outra, tendo em vista a situação.

As pessoas vivem em um eterno caminho em rumo à autodestruição, com todas as suas drogas, armas e degradação ambiental. O planeta está infectado e o homo sapiens é o seu vírus.

2°) Hoje, 11/08/2010, recebi um email da Avaaz com informações de um caso que acontece na Rússia. Garotas são retiradas de seus lares com promessas de ótimos empregos para serem forçadas e prostituição, é o chamado “comércio de mulheres”.

O email pedia para assinarmos uma petição virtual, que influenciaria o Ministro Putin e o Presidente Medvedev a tomar uma atitude contra este crime hediondo. Assinei e comecei a divulgar entre certos conhecidos, porém fiquei abismado com o número de respostas negativas que obtive, do tipo “depois eu faço isso”, ou “tem certeza de que isto não é um vírus?” tentando disfarçar sua repulsa ao pedido de ajuda.

Pergunto-me onde está o bom senso dessas pessoas, será que não percebem que há gente sofrendo longe, que na vida há mais do que MSN, Twitter e o gatinho da balada da noite passada?

Se o Diabo realmente existe, a pior de suas criações foi à preguiça.

Por preguiça de clicar e preencher um formulário, mulheres, crianças, animais, florestas e incontáveis outras coisas são prejudicadas, perdem suas saúdes, suas vidas. O pior impera.

Aí está o link do caso, para quem se importa:
http://www.avaaz.org/po/russia_rape_trade_putin/?cl=706235105&v=6959

3°) O que não dá mais para suportar:

-Mínimo de R$2,65 por transporte público;
-Saúde e ensino público em decadência;
-Desperdício de água utilizável, não importando a forma ou intensidade;
-Consumismo desenfreado e apoio ao capitalismo;
-Desenvolvimento a qualquer custo;
-Brigas entre tribos urbanas;
-Drogas ilícitas e seus beneficiadores;
-Poluição da natureza, não importando a forma ou intensidade;
-Caça & desinteresse pela vida animal;
-Desmatamento;
-Maior valorização de metal do que de alimento;
-Desrespeito a vida humana, violência;
-Uso de carros ou motocicletas particulares no cotidiano;
-Vandalismo;
-Desvalorização da arte & cultura;
-Racismo ou qualquer outro tipo de preconceito;
-Falta de intelecto;
-Idolatria e fanatismo desmedidos;
-Infidelidade.
-Ignorar esses problemas.

Lucas Zanferrari Caraça

Post por @_raawrr /makememore



3 Responses to “O todo como é, mundo”

  1. Pop é desnecessário – embora, a depender da ocasião e do contexto, nos auxilie e muito para expressar determinadas artes. Nunca liguei para o que fosse moda, o que estivesse no momento, porque até isso passa.
    Sedentarismo virtual – Com cadastro, todos temos.
    E o que não dá para suportar é a falta de criatividade ou inteligência das pessoas. Felizmente, tenho a sorte de ler textos como esse – que me permitem pensar e ter paz de espírito.

  2. 2 bisbis *----*

    concordo plenamene com tudo Lu u_u’.

  3. 3 Aldenise

    Conheço pessoas q deveriam ler esse texto, quem sabe assim percebessem, o quão bobas são por ligarem pra coisas tão fúteis. Aposto q vcs conhecem tbm! Parabéns pela reflexão e príncipio de vida!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: