Dna. Alda

24jun10

Sua cabeça fechada e o seu modo de fechar os olhos para o que a geração é agora, e o não entender que as coisas mudam me irrita!
O seu não querer entender, perceber e conhecer o novo e o diferente de si… de querer que todos sejam iguais quando não se é e nem se pode ser. De querer tudo com a sua maneira de ver e se sair fora disso que você intitula certo ser extremamente o errado, no caso, eu.
Saiba que fico feliz por não estar dentro dos padrões que você gosta. Penso, falo, ajo e tenho atitudes condizentes com a minha maneira de ser e de ver, de sentir.
Isto me parece o mais coerente que uma pessoa possa vir a fazer com a sua vida. Porque te incomoda tanto? Com os milhares de qualidades que eu possa ter você só consegue ver o defeito… Que na verdade nem é um defeito, não para mim.
Não gosto da maneira que quer que todos sejam robôs e o seu “você vai ter tempo”. Não! O tempo é agora, já! Amanhã não vai ser igual hoje, e se ela estiver perdendo a oportunidade ou o momento só por essa sua maneira egoísta e idiota de pensar? Queria tanto que ela te enfrentasse e mostrasse o que ela quer e fizesse o quer fazer… Não tivesse medo.
Esses seis anos de convivência nossa, só vi o quanto ela fantástica e correta e o quanto tem medo de você, de te decepcionar ou algo assim. Medo é isto que você quer que sua filha tenha de você? A adolescência dela está passando… E está deixando de aproveitar e viver muitos momentos de extrema importância por sua causa, é sua causa. E não venha dizer que vai ter tempo, porque o tempo é agora!
Eu tenho desprezo por você, só porque você pode vir a duvidar ou desconfiar dela. Ela é a pessoa mais, mais, mais… Não tenho nem descrição para falar o quão foda ela é.
Só não é mais por ser tão submissa a você. Se bem que ela é foda assim por causa de você também… Pela educação que você deu a ela. Parabéns.
Estou me intrometendo aonde não sou chamada, mais saiba que não tem motivos algum para desconfiar dela e que talvez esteja prendendo tanto que na hora que soltar…
Chega, já falei demais.
Continuarei assim e você assim, não vai mudar. Espero que a minha amizade com ela não mude também, você não tem tanto poder – tomara que não.

Giovanna Arruda



6 Responses to “Dna. Alda”

  1. nossa desabafo total (isso eh seu desabafo de vdd?? G__G)

  2. “Não! O tempo é agora, já! Amanhã não vai ser igual hoje, e se ela estiver perdendo a oportunidade ou o momento só por essa sua maneira egoísta e idiota de pensar? ”
    Muita gente ao meu redor precisa aprender isso.
    Adorei seu texto, MUITO mesmo. Eu adoro desabafos ;;

  3. Não sei como cheguei até este blog, mas confesso que achei as postagens muito interessantes. É bom manter um blog nesta fase de transição, onde o paradoxo do existir se conflita a todo momento com a necessidade de ser útil. Vai entender…

    Bons textos, continue escrevendo!

  4. 4 Gab

    uau!

  5. Desce a lenha, é isso aí! Quem a Dona Alda pensa que é pra definir o que é melhor? Os filhos são criados para o mndo e têm que descobrir o que é melhor pra eles e aprender com os seus erros. E exatamente, o tempo é agora. Estamos tendo o tempo de nossas vidas. Não se pode desperdiçá-lo por padrões inexistentes… Tem que viver.

    Ótimo texto, Giovanna. Só tome cuidado que, na pressa, você comeu algumas palavrinhas, mas ele está ótimo. Você escreve muito, muito bem *-*

  6. É isso o que nao gosto – quando nao nos aceitam pelo que somos e esperam muito mais da gente. Ninguem é perfeito e nem pediu pra nascer. A vida tambem é um aprendizado – e errar faz parte, porque so assim se pode acertar.
    Um beijo.
    E esqueça o meu ultimo comentario.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: